PR reconhece que as novas medidas para a região são uma "questão muito sensível"

por RTP

Em exclusivo à RTP, e em Nova Iorque, Marcelo Rebelo de Sousa não respondeu se foi ou não contrariado pelo governo.

Explicou, apenas, que, quando rejeitou um recuo no desconfiamento, falava em relação ao Estado de Emergência.

O Presidente diz que o governo é que tem o poder de decidir as medidas a adotar.
pub