Proteção Civil diz que situação em Góis é preocupante

| País

O comandante operacional da Proteção Civil, Vitor Vaz Pinto, disse hoje que o incêndio de Góis "é preocupante", uma vez que está a lavrar com grande intensidade, informação corroborada pela ministra da Administração Interna.

"Góis uma situação preocupante, o incêndio está a lavrar com grande intensidade e a ser objeto de análise muito particular", afirmou Vitor Vaz Pinto no segundo balanço do dia feito no posto de comando instalado em Avelar, no concelho de Ansião, em Leiria.

Já em relação ao incêndio que deflagrou em Pedrógão Grande no sábado adiantou que neste momento, "85% ou mais do perímetro está em rescaldo e consolidação", sendo que, acrescentou, estão a ocorrer diversas reativações, sobretudo, devido às condições meteorológicas adversas.

 

Tópicos:

Ansião, CAYC, Pedrógão, Proteção,

A informação mais vista

+ Em Foco

Houve aldeias ceifadas e vidas destruídas. O medo viveu ao lado de histórias de heroísmo. Contamos as estórias que agora preenchem dezenas de aldeias esquecidas, muitas pintadas a cinza.

    O incêndio de Pedrógão Grande provocou a morte de 64 pessoas e deixou mais de 200 pessoas feridas. Revisitamos os últimos dias com fotografias e imagens aéreas captadas com recurso a um drone.

      É uma tragédia sem precedentes que vai marcar para sempre o país. O incêndio de Pedrógão Grande fez 64 mortos mais de duas centenas de feridos. Há dezenas de deslocados.

      Por que razão não voltou o Homem ao satélite natural da Terra desde a década de 70 do século XX? Uma das explicações pode estar na poeira que cobre a superfície da Lua.