Quatro feridos, incluindo um polícia, em confrontos entre grupos rivais em Queluz

| País

Confrontos entre grupos rivais na estação ferroviária de Queluz, distrito de Lisboa, provocaram sábado à noite ferimentos de arma branca em dois homens e mulher, e num elemento da PSP, atingido por uma garrafa, disse à Lusa fonte policial.

Segundo fonte da PSP, na "desordem" entre dos grupos rivais, na qual foram utilizadas "facas", registaram-se quatro feridos, incluindo um agente da PSP, tendo todos sido transportados para o Hospital Amadora-Sintra, no distrito de Lisboa.

De acordo com a fonte, nenhuma das vítimas apresenta ferimentos graves.

O alerta para os confrontos, que envolveram cerca de 100 pessoas, foi transmitido à PSP às 23:29, via 112, através de um telefonema de um cidadão a reportar atos de violência naquele local.

A PSP deslocou-se ao local e deteve dois homens, por terem obstruído e, por consequência, provocado a suspensão temporária da circulação de comboios naquela estação.

A informação mais vista

+ Em Foco

Pela primeira vez desde que assumiu o mandato, o secretário-Geral da ONU fala abertamente à RTP dos principais conflitos globais.

É até hoje a mais icónica das aventuras da exploração espacial. Há 50 anos, o Homem chegava à Lua à boleia da NASA. Percorrermos aqui todos os detalhes da missão, dia a dia.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.