Queixas multiplicam-se contra Santa Casa da Póvoa de Varzim

por RTP

Infestações de baratas, ratos e falta de funcionários somam-se às denúncias de alegada negligência nos lares da Santa Casa da Misericórdia da Póvoa de Varzim.

Relatos que levaram a Segurança Social a remeter o caso ao Ministério Público, depois de várias fiscalizações.

Apesar de ter milhares de euros na gestão corrente, o Sexta às 9 descobriu que a Misericórdia da Póvoa contou com o apoio do Banco Alimentar Contra a Fome durante a última década.

O protocolo terminou agora, depois de se ter verificado que as refeições doadas eram afinal vendidas.