Quimioterapia pediátrica. Pais denunciam situação caótica no hospital de S. João

| País
Quimioterapia pediátrica. Pais denunciam situação caótica no hospital de S. João

Foto: Regis Duvignau - Reuters

Os pais de várias crianças que estão a receber tratamento para o cancro no Hospital de S. João, no Porto, decidiram dar voz à revolta. Garantem que a quimioterapia pediátrica em ambulatório está a ser feita num corredor desta unidade de saúde e que as crianças têm de partilhar o elevador com carrinhos do lixo. Uma situação caótica denunciada ao Jornal de Notícias.

O hospital de São João garante que está a fazer tudo o que é possível e assume que as condições são indignas. É desta forma que a unidade de saúde responde às queixas dos pais. Numa mensagem enviada esta manhã à Antena 1, a administração lembra que está há quase um ano à espera que o Governo liberte dinheiro para a nova unidade pediátrica.

Contactado pela Antena 1, o Ministério da Saúde adianta que esse dinheiro será desbloqueado em breve e remete mais esclarecimentos para o hospital.

A informação mais vista

+ Em Foco

A RTP ouviu os seis lideres partidários sobre temas que escapam aos programas políticos e que contribuem para definir o perfil dos candidatos.

    Uma sondagem da Universidade Católica aponta para o fim da hegemonia laranja na Madeira, apesar da vitória do PSD nas regionais (38%) do próximo domingo.

    Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.