Redes sociais. O perigo espreita, alerta associação Quebrar o Silêncio

por Antena 1

Foto: Christin Hume / Unsplash

O presidente da associação Quebrar o Silêncio, que presta apoio especializado a homens e rapazes sobreviventes de violência e abuso sexual, afirma que esta é uma oportunidade para os pais reverem as definições do WhatsApp dos filhos para evitar que recebam mensagens e convites de desconhecidos.

Ângelo Fernandes alerta que muitos pais não estão conscientes destes perigos nas redes sociais.

A Polícia Judiciária avisa para o aumento deste tipo de situações. Casos em que os contactos de menores são adicionados a grupos de WhatsApp onde circulam conteúdos pornográficos.
pub