Santa Casa de Viseu deixa ao abandono crianças que deve proteger

| País
Santa Casa de Viseu deixa ao abandono crianças que deve proteger

A ver: Santa Casa de Viseu deixa ao abandono crianças que deve proteger

Uma criança de 5 anos foi adotada da Santa Casa da Misericórdia de Viseu sem sequer saber o que eram nuvens.

O "Sexta as 9" teve acesso ao Boletim de Saúde que prova que o menor - agora com 8 anos - desenvolveu um "atraso no desenvolvimento" por "falta de estimulação".

Quando foi adotada, a criança não sabia falar corretamente, não sabia correr e tinha o peso e o tamanho de um bebé de 3 anos.

O caso está longe de ser único. O "Sexta às 9" recolheu relatos que provam que há maus tratos continuados numa instituição que recebe anulamente mais de 200 mil euros para educar crianças retiradas ou que ficaram sem pais.

A informação mais vista

+ Em Foco

A 17 de junho, Portugal começou a assistir ao mais mortífero incêndio de sempre. A paisagem de Pedrógão Grande mantém-se em tons de sépia. Um cenário captado pelo fotojornalista Pedro A. Pina.

    Hotéis de luxo e restaurantes de autor crescem ao lado de quem vive sem água ou luz. A Comporta tem um novo proprietário que quer transformar aquela zona num local para estrangeiros ricos.

    O Parque das Nações vai receber as duas semifinais e a final nos dias 8, 10 e 12 de maio do próximo ano. Já o festival português vai decorrer no Pavilhão Multiusos de Guimarães, em março.

    Natalidade, envelhecimento, turismo, agricultura, emigração, pobreza, saúde, desigualdades. A caminho das autárquicas a Antena 1 fixa o país em 20 retratos.