Santa Casa de Viseu deixa ao abandono crianças que deve proteger

| País
Santa Casa de Viseu deixa ao abandono crianças que deve proteger

A ver: Santa Casa de Viseu deixa ao abandono crianças que deve proteger

Uma criança de 5 anos foi adotada da Santa Casa da Misericórdia de Viseu sem sequer saber o que eram nuvens.

O "Sexta as 9" teve acesso ao Boletim de Saúde que prova que o menor - agora com 8 anos - desenvolveu um "atraso no desenvolvimento" por "falta de estimulação".

Quando foi adotada, a criança não sabia falar corretamente, não sabia correr e tinha o peso e o tamanho de um bebé de 3 anos.

O caso está longe de ser único. O "Sexta às 9" recolheu relatos que provam que há maus tratos continuados numa instituição que recebe anulamente mais de 200 mil euros para educar crianças retiradas ou que ficaram sem pais.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 260 episódios, o projeto chegou às mais diversas áreas: saúde, engenharias, astronomia, tecnologia, química, história, filosofia, desporto ou geografia.

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.