Santa Casa de Viseu deixa ao abandono crianças que deve proteger

| País
Santa Casa de Viseu deixa ao abandono crianças que deve proteger

A ver: Santa Casa de Viseu deixa ao abandono crianças que deve proteger

Uma criança de 5 anos foi adotada da Santa Casa da Misericórdia de Viseu sem sequer saber o que eram nuvens.

O "Sexta as 9" teve acesso ao Boletim de Saúde que prova que o menor - agora com 8 anos - desenvolveu um "atraso no desenvolvimento" por "falta de estimulação".

Quando foi adotada, a criança não sabia falar corretamente, não sabia correr e tinha o peso e o tamanho de um bebé de 3 anos.

O caso está longe de ser único. O "Sexta às 9" recolheu relatos que provam que há maus tratos continuados numa instituição que recebe anulamente mais de 200 mil euros para educar crianças retiradas ou que ficaram sem pais.

A informação mais vista

+ Em Foco

A presidente do CNAPN diz que a chave está nos líderes das mesquitas e pede mais apoio do Alto Comissariado para as Migrações.

    Entrevista a António Mateus para o programa "Olhar o Mundo". Veja aqui.

    Sintra podia ser uma "mini Davos". A sugestão foi feita informalmente por um dos académicos que participou na reunião do BCE concluída em 20 de junho.

      Dados revelados no Digital News Report de 2018 do Reuters Institute.