Santa Casa de Viseu deixa ao abandono crianças que deve proteger

| País
Santa Casa de Viseu deixa ao abandono crianças que deve proteger

A ver: Santa Casa de Viseu deixa ao abandono crianças que deve proteger

Uma criança de 5 anos foi adotada da Santa Casa da Misericórdia de Viseu sem sequer saber o que eram nuvens.

O "Sexta as 9" teve acesso ao Boletim de Saúde que prova que o menor - agora com 8 anos - desenvolveu um "atraso no desenvolvimento" por "falta de estimulação".

Quando foi adotada, a criança não sabia falar corretamente, não sabia correr e tinha o peso e o tamanho de um bebé de 3 anos.

O caso está longe de ser único. O "Sexta às 9" recolheu relatos que provam que há maus tratos continuados numa instituição que recebe anulamente mais de 200 mil euros para educar crianças retiradas ou que ficaram sem pais.

A informação mais vista

+ Em Foco

Os portugueses escolhem os seus representantes locais a 1 de outubro. Acompanhe aqui a campanha, os debates e toda a informação sobre as eleições Autárquicas.

    A deriva independentista do nacionalismo catalão está a revelar-se mais grave do que Madrid previa inicialmente. Temos posições que não permitem qualquer margem para diálogo e que conduziram o processo a um impasse.

    Um ensaio do LNEC e do Instituto Superior Técnico, no âmbito do KnowRisk, evidencia a importância da tomada de medidas preventivas. Veja os vídeos e compare os dois casos.

    A Alemanha aproxima-se da data do escrutínio de 24 de Setembro com uma economia próspera: muita exportação, muita construção, receitas fiscais abundantes, orçamentos públicos excedentários. O reverso da medalha é a degradação de condições sociais para uma parte significativa da população.