Santa Casa de Viseu deixa ao abandono crianças que deve proteger

| País
Santa Casa de Viseu deixa ao abandono crianças que deve proteger

A ver: Santa Casa de Viseu deixa ao abandono crianças que deve proteger

Uma criança de 5 anos foi adotada da Santa Casa da Misericórdia de Viseu sem sequer saber o que eram nuvens.

O "Sexta as 9" teve acesso ao Boletim de Saúde que prova que o menor - agora com 8 anos - desenvolveu um "atraso no desenvolvimento" por "falta de estimulação".

Quando foi adotada, a criança não sabia falar corretamente, não sabia correr e tinha o peso e o tamanho de um bebé de 3 anos.

O caso está longe de ser único. O "Sexta às 9" recolheu relatos que provam que há maus tratos continuados numa instituição que recebe anulamente mais de 200 mil euros para educar crianças retiradas ou que ficaram sem pais.

A informação mais vista

+ Em Foco

Foram mais de três horas de debate a cinco mas sem grandes novidades. Le Pen defendeu o fim da imigração. Macron foi atacado pelas ligações à banca.

Onde reside "o verdadeiro problema estrutural" da UE? O comentador da RTP Filipe Vasconcelos Romão situa-o na "incapacidade" do projeto europeu para estabeler laços com os cidadãos.

Estarão os nossos equipamentos comprometidos? O especialista em cibersegurança Pedro Queirós alerta para um problema "assustador".

    Em São Bento, uma fotografia denuncia a localização da Fundação Mário Soares, uma instituição de utilidade pública, cujo futuro está ainda a ser pensado.