Serviços Municipalizados da Maia alvo de buscas da PJ

| País

Os Serviços Municipalizados de Eletricidade, Água e Saneamento (SMEAS) da Maia foram alvo de buscas pela Polícia Judiciária (PJ) em maio, informaram hoje os próprios, apontando que "tudo será cabalmente esclarecido".

Em comunicado os SMEAS da Maia, no distrito do Porto, apontaram que "na sequência de denúncia anónima foram objeto de diligências para obtenção de prova judicial", operação que decorreu a 23 de maio e apontaram que foram constituídos arguidos o diretor delegado e dois membros da administração do mandato anterior, sem especificar os nomes.

"Na senda da normalidade e transparência que pautam, e sempre pautaram, a atuação e serviço público do SMEAS, a instituição e os seus colaboradores prestaram às autoridades judiciárias toda a cooperação que lhes foi pedida, tendo sido fornecidos todos os documentos solicitados na diligência, documentos esses comprovativos de despesas de representação e de aquisição de equipamentos informáticos de serviço", refere comunicado enviado à agência Lusa.

Na mesma nota, os SMEAS da Maia indicam que "a administração e os visados estão tranquilos e disponíveis para prestar todos os esclarecimentos que forem necessários", mas acrescentam que o "procedimento permanece em segredo de justiça", razão pelo qual os serviços consideram "desajustado tecer quaisquer outras considerações".

Os SMEAS garantem que esta operação da PJ decorreu "sem causar qualquer perturbação no quotidiano", sublinhando que os serviços prestados à população da Maia não foram afetados.

"Os SMEAS consideram este tipo de escrutínios feitos pelas autoridades é normal e fundamental para o bom funcionamento da democracia. Os serviços acreditam que tudo será cabalmente esclarecido", termina a nota.

A agência Lusa contactou a Câmara da Maia, que remeteu qualquer esclarecimento para o comunicado emitido pelos serviços municipais.

Tópicos:

Municipalizados Eletricidade Água,

A informação mais vista

+ Em Foco

Em Pedrógão Grande, dois anos depois dos incêndios, quase só os estrangeiros são atraídos para a região.

Uma equipa da RTP acompanhou o curso dos novos seguranças pessoais, "sombras" de quem protegem.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.