Somos cada vez menos e estamos mais velhos, revelam dados provisórios dos Censos 2021

por Antena 1

RTP

O número de pessoas com 65 anos ou mais de idade aumentou 20,6 por cento nos últimos 10 anos e representam atualmente 23,4 por cento da população portuguesa, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

O INE assinala também que aumentou na última década o desequilíbrio no volume da população dos dois sexos, com um rácio de 90,7 homens por cada 100 mulheres, menos 0,8 pontos do que em 2011.

Portugal tem 2.424.122 pessoas com 65 anos ou mais e 1.331.396 com menos de 15 anos. Há ainda 5.500.951 pessoas com idades entre os 25 e os 64 anos (53,2% do total da população) e 1.088.333 com idades entre os 15 e os 24 anos (10,5%).

O grupo populacional que teve "redução mais significativa" foi o das pessoas até aos 15 anos de idade, que desceu 15,3% e representa hoje 12,9% do total, enquanto a população jovem em idade ativa (dos 15 aos 24 anos) desceu 5,1% e as pessoas com idades entre os 25 e os 64 anos diminuiram 5,7%.

Agravou-se assim "o duplo envelhecimento da população" com a redução dos jovens e o aumento dos mais velhos, assinala o INE.

Atualmente, o índice de envelhecimento da população traduz-se em 182 idosos por cada 100 jovens. Este indicador tem aumentado progressivamente: em 2011 havia 128 jovens por 100 idosos em 2001 eram 102.
pub