Tetraplégico que pede morte assistida espera que lei avance rapidamente

por RTP

Foi com alívio que Luís Marques, o tetraplégico de 63 anos que pede a morte assistida, viu a aprovação da despenalização da eutanásia. Acompanhou o debate e votação com grande expetativa e espera agora que lei seja rapidamente regulamentada e aplicada.

pub