"Tinha de ler, à luz das velas, para quem eram as cartas" - Carteiro Rogério Sá

por Afonso de Sousa - Antena 1

Foto: Nuno Patrício - RTP

No Dia Mundial dos Correios, a Antena 1 dá a conhecer a história de um homem que já trabalha como carteiro há mais de 50 anos, no interior do país. Às portas de Bragança, o carteiro Rogério Sá, agora com 76 anos, ainda continua no ativo.

Conta ao repórter Afonso de Sousa algumas das muitas memórias, da forma como os correios funcionavam, muitas das vezes à luz das velas e candeeiros a petróleo.

Hoje diz que nada é como dantes, mas afirma que atualmente ser carteiro ainda é difícil, e muitas vezes sem mãos a medir.

pub