Trabalhadores da CGD em greve no dia 01 de março

por Lusa

O Mais Sindicato, o SBN - Sindicato dos Trabalhadores do Setor Financeiro de Portugal e o SBC - Sindicato dos Bancários do Centro convocaram uma greve na Caixa Geral de Depósitos (CGD) para o dia 01 de março, anunciaram.

Em comunicado, as estruturas sindicais adiantaram que "depois de mais uma reunião de negociação infrutífera" decidiram "convocar uma greve no banco para 01 de março", defendendo que "os trabalhadores têm direito a aumentos salariais dignos".

"Os sindicatos da UGT reuniram-se com a CGD no dia 21 de fevereiro para mais uma sessão de negociação", destacaram, salientando que "a resposta do banco à revindicação de aumentos salariais de 6% foi manifestamente insuficiente: 3% nas tabelas e cláusulas de expressão pecuniária, com um aumento mínimo de 52,63 euros".

O Mais, o SBC e o SBN rejeitaram a proposta, "manifestamente insuficiente, para um banco que nos últimos anos tem tido resultados fabulosos", asseguraram.

"Os trabalhadores merecem aumentos que reponham o poder de compra perdido e exigem repartição dos lucros para que tanto contribuíram", salientaram.

Os sindicatos disseram ainda que os trabalhadores "merecem melhores condições de trabalho, cuja degradação é gritante, principalmente nos balcões", acrescentando que "uma instituição que tanto fala para fora devia começar por olhar para dentro e aplicar internamente o que tanto apregoa".

"Face ao diferendo, os sindicatos decidiram convocar um dia de greve, a 01 de março, tendo já emitido o respetivo pré-aviso", explicaram, referindo que "os trabalhadores da CGD têm muitas razões para protestar".

pub