A Federação Nacional da Educação promete não baixar os braços

por Antena 1

Foto: FNE/DR

A FNE diz que não abdica do tempo que foi retirado aos professores. João Dias da Silva garante que os professores que fazem parte da federação não baixam os braços e se este decreto não passar vai iniciar uma serie de formas de luta.

João Dias da Silva afirma que se a exigência dos professores não for aceite nesta legislatura, têm de ser na próxima.

PSD e CDS acabaram por recuar e devem juntar-se esta sexta-feira ao PS no chumbo das alterações ao decreto do governo, que foram aprovadas na especialidade.