Adjuntos e chefes de gabinetes de ministros colocados em lugares de poder permanente

por Sandra Felgueiras, Ricardo Passos Mota, António Nunes

Enquanto não há decisão sobre o futuro Governo de Portugal, há um jogo de poder que está a mexer no interior dos Ministérios.

O Sexta às 9 investigou as nomeações que saem em Diário da República e esta noite revela que, nas últimas semanas, tem havido uma verdadeira dança de cadeiras de adjuntos e chefes de gabinete de ministros que têm vindo a assegurar cargos de poder permanente.

Os casos mais flagrantes aconteceram no Ministério da Segurança Social.