António Costa exaltou-se com homem durante arruada

por RTP

O líder do PS exaltou-se com um homem quando este afirmava que o primeiro-ministro tinha metido umas "merecidas férias" durante o incêndio de Pedrógão Grande. António Costa respondeu, exaltado, que tal era mentira.

Depois de um primeiro momento, o líder do PS volta atrás chamando de "mentiroso" ao homem que afirmou que o primeiro-ministro estava numa "merecidas férias" durante os incêndios de Pedrógão Grande.

O líder do PS foi depois afastado pela comitiva que o acompanhava.

O momento aconteceu durante uma ação de campanha em Lisboa, já no final da arruada, por baixo das arcadas da Praça do Comércio.

Mais tarde, o líder do PS explicou o seu comportamento perante o homem que o interpelou na campanha, afirmando que estava no seu posto durante o incêndio de Pedrógão e que, mesmo como pessoa calma e serena, não pode deixar de indignar-se perante a versão "vergonhosa" posta a circular por PSD e CDS.

António Costa insistiu ainda em referir-se ao seu contraditor como um "senhor" plantado "para fazer aquela provocação".