Comissão de Inquérito elimina capítulo que atribuí rendas excessivas à EDP

| Política
Comissão de Inquérito elimina capítulo que atribuí rendas excessivas à EDP

A ver: Comissão de Inquérito elimina capítulo que atribuí rendas excessivas à EDP

A comissão parlamentar de inquérito às rendas da energia eliminou todo o capítulo da concessão de 27 barragens à EDP. PSD e CDS acusaram o PS de tentar branquear o governo de José Sócrates.

No capítulo eliminado constavam também referências a rendas excessivas à Elétrica em mais de 580 milhões de euros.

O capítulo 2 dizia respeito à extensão da concessão de 27 barragens à EDP, e foi decidida em 2007. Na altura, José Sócrates era primeiro-ministro, e Manuel Pinho ministro da Economia.

Era este capítulo do relatório que atribuía rendas excessivas no valor de 581 milhões de euros à EDP.

O PSD acusa o PS de aproveitamento político.

A informação mais vista

+ Em Foco

Foi há 50 anos que o Homem partiu para a Lua. De Cabo Canaveral, nos EUA, seguiram três astronautas para colocar os nomes na história da humanidade.

Ouvido pela RTP, o artista chinês mostra-se convicto de que Hong Kong e Macau não serão, no futuro, controlados pela China.

Começa a legislatura do Parlamento Europeu saído das últimas eleições. Conheça aqui os eurodeputados portugueses e as suas prioridades.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.