Contas dos partidos entre 2010 e 2014 em risco de prescrever

| Política

A Entidade das Contas e Financiamentos Políticos não tem meios para fiscalizar os partidos. A RTP entrou na Entidade das Contas e viu processos acumulados nos corredores em risco de prescrever. Em exclusivo à RTP, o presidente da entidade diz que tem "dúvidas se o poder político quer efetivamente ser fiscalizado".

As contas anuais dos partidos e das campanhas entre 2010 e 2014 estão em risco de prescrever.

As alterações à Lei de Financiamento dos Partidos, aprovadas no Parlamento, deram mais competências à entidade, mas isso não se traduziu num reforço de recursos humanos.

O orçamento deste ano foi de 550 mil euros.

É preciso mais um milhão de euros para instalações, equipamentos e recursos humanos.

O presidente da Entidade das Contas diz que o Orçamento do Estado para 2019 não deu resposta ao estrangulamento financeiro e alerta que no próximo ano há três eleições: Europeias, Regionais da Madeira e Legislativas.

Tópicos:

Campanhas eleitorais, Entidade das Contas e Financiamentos Políticos, Financiamento, Lei de Financiamento dos Partidos, Partidos,

A informação mais vista

+ Em Foco

O vice-presidente do Brasil assegura que a democracia brasileira nunca esteve tão forte como agora. Entrevista exclusiva à RTP.

Em entrevista exclusiva aos enviados especiais da RTP, o cardeal Baltazar Porras declara apoio ao autoproclamado presidente interino, Juan Guaidó.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.