Eduardo Cabrita nega ter ordenado à PSP para não intervir no Porto

por Antena 1

Lusa

O Governo não deu indicações à Polícia de Segurança Pública para não intervir junto dos adeptos ingleses, durante o último fim de semana, no Porto, afirmou esta quarta-feira Eduardo Cabrita, ouvido na Comissão Parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.

Uma ordem desse tipo “violaria toda a autonomia técnica e operacional. Seria aliás uma falta de respeito de uma força que é conhecida a nível europeu pela sua capacidade de intervenção neste domínio”, explicou o ministro da Administração Interna.

Eduardo Cabrita sublinha mesmo que as notícias sobre uma alegada ingerência do Ministério que lidera na atuação da polícia são falsas e sem cabimento.
pub