Lei é ambígua sobre financiamento de empresa do marido da ministra da Coesão

por RTP

Em causa está a atribuição de fundos europeus tutelados pela ministra, a uma empresa do marido dela. A ministra Ana Abrunhosa defendeu-se com um parecer pedido à Procuradoria-Geral da República antes da atribuição dos fundos.

A Procuradoria considerou legal a atribuição deste dinheiro à empresa do marido da ministra, mas falou de obscuridade na lei.
pub