Partido Chega quer ser "alternativa à direita que parece não existir"

| Política
Partido Chega quer ser alternativa à direita que parece não existir

Foto: João Relvas - Lusa

O movimento Chega entregou quarta-feira mais de 7.500 assinaturas no Tribunal Constitucional, iniciando assim o processo de formalização enquanto partido.

O objetivo é ser uma alternativa "ao centro direta e à direita que parece não existir" atualmente. A Antena 1 falou com o presidente da Comissão Instaladora do Chega, André Ventura, à chegada ao Tribunal Constitucional.

Reportagem de Susana Barros.

A informação mais vista

+ Em Foco

Apesar de terem passado pouco mais de 24 horas desde a partida de Cabo Canaveral, no espaço os minutos para Neil, Edwin e Michael parecem horas.

    Ouvido pela RTP, o artista chinês mostra-se convicto de que Hong Kong e Macau não serão, no futuro, controlados pela China.

    Começa a legislatura do Parlamento Europeu saído das últimas eleições. Conheça aqui os eurodeputados portugueses e as suas prioridades.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.