Última Hora
Ursula von der Leyen reeleita presidente da Comissão Europeia

RIR esperava mais votos mas diz que resultado "não foi mau de todo"

por Lusa

A cabeça de lista do RIR afirmou hoje que gostaria de ter tido mais votos na primeira corrida do partido às eleições europeias, referindo que face ao orçamento e `marketing`, o resultado "não foi mau de todo".

"Gostaríamos de ter tido mais votos", afirmou, em reação à Lusa, a cabeça de lista do Reagir Incluir Reciclar (RIR), Márcia Henriques.

A candidatura que liderou nas eleições europeias de domingo reuniu 6.392 votos, correspondentes a 0,16%.

Lembrando que esta foi a primeira vez que o partido concorreu a umas eleições europeias e que, por isso, não há termo de comparação possível, Márcia Henriques afirmou, no entanto, que o resultado "não foi mau de todo".

A cabeça de lista, que assumiu a liderança do RIR em 2019, sucedendo a Vitorino Silva, avançou à Lusa que a sua equipa irá reunir-se na terça-feira para analisar os resultados e garantiu que o RIR vai "continuar o seu trabalho", agora com a atenção focada nas eleições autárquicas, agendadas para o próximo ano.

O PS venceu as eleições europeias de domingo com 32,1% e oito eurodeputados, à frente da Aliança Democrática, que teve 31,1% e sete mandatos, segundo os resultados provisórios.

Segundo a Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna, o Chega, que elegeu dois eurodeputados, foi a terceira força política, com 9,79%.

Também com dois deputados eleitos, a Iniciativa Liberal (IL) obteve 9,07% dos votos.

O Bloco de Esquerda (BE) recolheu 4,25% dos votos e a CDU (PCP/PEV) 4,12%, obtendo um eurodeputado cada.

Tópicos
PUB