Van Dunem admite casos de violência e maus tratos nas prisões

| Política
Van Dunem admite casos de violência e maus tratos nas prisões

Foto: Miguel A. Lopes - Lusa

A ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, admitiu esta manhã na na Comissão de Assuntos Constitucionais, Liberdades e Garantias que tem conhecimento de casos de maus tratos e violência dentro dos estabelecimentos prisionais nacionais.

A ministra garantiu aos deputados que os casos denunciados estão a ser investigados.

Ainda dentro da mesma audição Van Dunem referiu que que está a diminuir o numero de presos no estabelecimento prisional de Lisboa e já não há detidos nas alas mais degradadas deste espaço.

Fez ainda uma promessa e garante para breve um concurso para 16 médicos e 24 enfermeiros.

Francisca Van Dunem revelou ainda que a 23 de abril entram em funções mais 388 guardas prisionais, tendo já sido aberto um concurso para mais recrutar mais profissionais.

Mas a ministra da justiça reconheceu que não há uma data para a conclusão deste processo.

Van Dunem está a ser ouvida no Parlamento, na Comissão de Assuntos Constitucionais, Liberdades e Garantias na sequência do relatório do comité para a prevenção da tortura e dos maus tratos.

A informação mais vista

+ Em Foco

Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

    Entrevista Olhar o Mundo a um dos autores e investigadores militares mais reconhecidos do mundo anglo-saxónico.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.