Programas tv

Bonnie e Clyde

Bonnie e Clyde

Géneros

  • Filmes - Policial

Informação Adicional

Um espantoso estudo psicológico sobre duas célebres mentalidades criminosas, Bonnie Parker e Clyde Barrow, que Arthur Penn evocou num filme de culto

A história de crimes e aventuras de um dos pares de mafiosos mais célebres da América. Bonnie e Clyde vivem de acordo com as suas próprias regras e captam a atenção de todo um país, pelo pouco tempo que conseguem iludir a polícia. Um espantoso estudo psicológico sobre duas mentalidades criminosas que aterrorizaram a América.

Quando Bonnie Parker (Faye Dunaway) apanha Clyde Barrow (Warren Beatty) a roubar o carro da sua mãe, é amor à primeira vista. Os dois jovens apaixonados, estouvados e imaturos, começam uma onda de crimes por todo o país. Juntos, assaltam bancos, roubam carros e divertem-se loucamente. Após um assalto conhecem C.W. Moss, um mecânico com paixão de carros, que se lhes junta, tal como Buck, o irmão de Clyde, acabado de sair da prisão, e a sua mulher Blanche. Com ousados assaltos conquistam uma reputação de heróis nos estados do sul da América, sempre com a polícia no seu encalço. Quase são presos no Missouri, escapam "por um triz" no Kansas e acabam por ser cercados por um forte dispositivo policial. Buck é morto e Blanche capturada. Bonnie, Clyde e Moss conseguem fugir e refugiar-se na casa do pai de Moss, que os denuncia à polícia em troco de perdão para o filho. Caindo numa cilada, Bonnie e Clyde são metralhados de forma bárbara até à morte.
"Bonnie e Clyde" de Arthur Penn podia ser apenas uma excelente biografia romanceada da vida de crimes e aventuras de um dos pares criminosos mais célebres da América, ou tão só um filme negro construido de forma espetacular e emocionante. Mas sendo tudo isto, o filme de Arthur Penn vai mais longe. Primeiro é um fabuloso e irónico, quase insolente e provocador, estudo psicológico de duas mentalidades criminosas que aterrorizaram a América, embora apenas fossem dois jovens estouvados e imaturos decididos a brincar com o Mundo. Depois, é uma admirável evocação de um tempo e um espaço, os anos da Depressão na América interior, filtrados pelo espírito crítico e ao mesmo tempo fascinado de Penn, que nos dá uma dimensão semi-real e semi-lendária de um dos mais célebres pares de amantes malditos. Um filme portentoso, interpretado de forma soberba por Warren Beatty e Faye Dunaway nos principais papeis, que marcou uma época, definiu novos rumos para o filme negro e tem, até hoje, resistido a todas as imitações.

Ficha Técnica

Título Original
Bonnie and Clyde
Intérpretes
Warren Beatty, Faye Dunaway, Gene Hackman, Michael J. Pollard, Estelle Parsons, Denver Pyle, Dub Taylor, Evans Evans, Gene Wilder.
Realização
Arthur Penn
Produção
Warren Beatty
Autoria
David Newman e Robert Benton
Música
Charles Strouse
Ano
1967
Duração
107 minutos