Programas tv

Ter Ou Não Ter

Ter Ou Não Ter

Géneros

  • Filmes - Aventura

Informação Adicional

Uma história de amizade, camaradagem e cumplicidade viril, atravessada por uma insolente, irónica e irresistível história de amor, no meio de um mundo em guerra

Na ilha da Martinica, nos dias que se seguem à queda da França sob a ocupação nazi, Harry Morgan, que aluga o seu barco a turistas ricos, é abordado por um empregado do hotel local no sentido de ajudar a fugir, clandestinamente, um importante chefe da Resistência Francesa. Harry, porém, recusa o serviço. Entretanto Slim, uma bela, insolente e determinada rapariga americana, envolve-se com Harry. A polícia local é obrigada a intervir na sequência de uma zaragata no bar do hotel e confisca o dinheiro de Harry. Este resolve abandonar a ilha e partir para os Estados Unidos, aceitando a missão de ajudar a fugir o chefe da Resistência. Mas as coisas correm mal e Harry é obrigado a regressar ao hotel onde esconde o resistente francês que entretanto foi ferido. Por fim, com a ajuda de Slim e perante situações irreversíveis, Harry toma o rumo dos acontecimentos nas suas mãos.

"Ter ou Não Ter", dirigido por Howard Hawks dois anos depois de "Casablanca", tem com este filme muitas e óbvias semelhanças, do argumento às personagens e situações, passando naturalmente pelo protagonista comum: Humphrey Bogart. Mas são também muitas as diferenças que distinguem estes dois admiráveis e marcantes filmes do estilo da Warner na década de 40. O argumento de "Ter ou Não Ter" baseia-se num romance de Hemingway e tem uma história curiosa. Hawks e Hemingway eram grandes amigos e durante as suas pescarias e caçadas, o primeiro tentava convencer o segundo a escrever para cinema. Hemingway continuava a recusar e Hawks lançou-lhe o desafio de pegar na sua pior história e fazer dela um filme. Segundo Hemingway o seu pior romance era "Ter ou Não Ter". Trabalhado ainda por Faulkner e Jules Furthman nasceu assim o argumento deste memorável filme onde Bogart tem talvez a mais extraordinária criação da sua carreira ao lado de uma bela, jovem e insinuante atriz estreante com quem faria no cinema, e na vida, um dos mais célebres pares de sempre: Lauren Bacall. Mais uma grande história de amizade, camaradagem e cumplicidade viril, atravessada por uma insolente, irónica e irresistível história de amor, onde uns e outros assumem as suas prioridades e lealdades no meio de um mundo em guerra. Uma das obras-primas de Hawks e um dos mais notáveis filmes americanos dos anos quarenta, onde Bogart conheceu Bacall e aprendeu a assobiar numa das mais míticas cenas da História do Cinema.

Ficha Técnica

Título Original
To Have and Have Not
Intérpretes
Humphrey Bogart(Harry), Lauren Bacall(Slim), Walter Brennan(Eddie),Dolores Moran,Hoagy Carmichael, Walter Molnar, Sheldon Leonard
Realização
Howard Hawks
Produção
Howard Hawks
Autoria
Jules Furthman e William Faulkner
Música
Leo F. Forbstein
Ano
1944
Duração
96 minutos