Programas tv

Que Estranho Chamar-se Federico

Que Estranho Chamar-se Federico

Géneros

  • Filmes

Informação Adicional

Uma homenagem sentida de Ettore Scola a Federico Fellini

Uma homenagem sentida de Ettore Scola a Federico Fellini no vigésimo aniversário da morte do grande realizador.

"(...) Além do cinema extraordinariamente rico de Fellini - um tesouro partilhado pelo público
em todo o mundo - um grande admirador do mestre pretende comemorar alguns aspetos privados e menos conhecidos da sua personalidade, recordando o privilégio de o ter conhecido e os sentimentos que ele despertava com a sua ironia e a forma como encarava a vida como uma festa.
O filme aborda o encontro de ambos na redação da revista satírica "Marc´Aurelio", a amizade com Ruggero Maccari, Ennio Flaiano, Alberto Sordi e Marcello Mastroianni, as visitas ao mítico Estúdio 5 da Cinecittà e outras vivências partilhadas que cimentaram uma longa amizade. Desde os primeiros passos no humor, em 1939, até ao quinto Óscar, em 1993, ano do seu 73º e último aniversário, Federico é descrito como um genial Pinóquio que felizmente nunca se transformou "num menino bem comportado".
Um filme breve, algo cubista, em que momentos fragmentados e impressões dispersas alternam com reconstituições de cenas filmadas na Cinecittà e com material de arquivo disponibilizado pelo Istituto Luce e pela RAI."
Ettore, Paola e Silvia Scola (Julho de 2013)

Próximas emissões deste programa

  • RTP Memória

Ficha Técnica

Título Original
Che Strano Chiamarsi Federico
Intérpretes
Tommaso Lazotti, Maurizio De Santis e Giacomo Lazotti
Realização
Ettore Scola
Produção
Guido Simonetti
Autoria
Ettore Scola, Paola Scola e Silvia Scola
Música
Andrea Guerra
Ano
2012
Duração
93 minutos