Kussondulola lançam o álbum de parcerias "Survivor"

| Cultura

Os Kussondulola, que há mais de dez anos se dedicam a espalhar o reggae em língua portuguesa, editam segunda-feira o álbum "Survivor", feito de temas cantados em duetos.

Janelo da Costa, músico e compositor angolano e líder dos Kussondulola, avança para um quarto trabalho de originais que reúne artistas portugueses que, aparentemente, nada têm a ver com a sonoridade tropical do reggae.

Vitorino entra em "Maria tem fé em Jah", Rui Reininho em "Reggae no Porto", Rui Veloso, com Nanu, participa no tema "Viver Sozinho não Quero" e Miguel Ângelo, dos Delfins, canta "Desastre Natural".

Kalú, baterista dos Xutos & Pontapés, dá uma ajuda no ritmo de "Survive todos os dias", o primeiro single a ser retirado de "Survivor".

Kalaf, dos 1-Uik Project, Sara Tavares, Sam, Dora e Sandra Fildago e Legalize são outros convidados a entrar no ritmo reggae de Kussondulola.

Entre a Jamaica e África, num respeito pela cultura rastafari e por Jah, os Kussondulola são um projecto de Janelo da Costa, que a cada álbum se faz acompanhar por vários músicos num "colectivo de formação flutuante", como se apresenta no site na Internet.

Em 1995 foi lançado "Tá-se Bem", que incluía os temas "Dançam no Humabo" e "Perigosa", ao qual se seguiram "Baza não Baza" (1998) e "O amor é bué" (2001).

No ano passado, foi lançado "Cumué?", que reúne o melhor de Kussondulola.


A informação mais vista

+ Em Foco

Sabrina, Quincy, Luís e Victor. São os nomes de quatro requerentes de ...

    Os dias estão mais quentes e não é por causa do advento da primavera. A razão está identificada - as alterações climáticas fazem-se sentir em todo o planeta e as consequências espelham-se em fenómenos extremos.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.