Viver a crédito: já estamos a gastar os recursos naturais do próximo ano

| Mundo
Viver a crédito: já estamos a gastar os recursos naturais do próximo ano

A ver: Viver a crédito: já estamos a gastar os recursos naturais do próximo ano

A partir desta segunda-feira, a população mundial começa a gastar os recursos naturais do próximo ano. De acordo com a associação Zero, Portugal está entre os 35 países que mais consomem em relação à capacidade de produção. O último ano em que conseguimos garantir que o uso de recursos ao longo do ano estava dentro dos limites foi em 1970.

Em entrevista ao Bom Dia Portugal, Susana Fonseca, representante da associação ambientalista Zero, explicou que o "cartão de crédito ambiental" é este ano acionado cinco dias mais cedo do que em 2015.

"Estamos a colocar uma pressão enorme sobre um planeta que é muito generoso e nos dá muitas condições para termos qualidade de vida. Mas se não tivermos cuidado podemos por em causa a nossa qualidade de vida", alerta Susana Fonseca.

A informação mais vista

+ Em Foco

Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

    Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

      A Austrália enfrenta a maior seca de que há memória, afetando agricultores e criação de gado.