PS perto da marioria, Sócrates cai pela primeira vez

| País

Se as eleições legislativas se realizassem hoje, o Partido Socialista (PS) conseguia obter 43,2 por cento dos votos, indica o barómetro hoje divulgado pela Expresso, SIC e Rádio Renascença, que revela ainda a queda de três por cento na popularidade de José Sócrates.

A 12 dias de se assinalarem três anos de Governo, o PS atinge o limiar da maioria absoluta, depois de três meses a cair nas intenções de voto dos portugueses, revela o mesmo estudo.

O Partido Social Democrata (PSD), no último mês, desceu quase dois pontos percentuais, para os 31,2 por cento das intenções de voto.

A CDU e o Bloco de Esquerda cresceram três décimas, para os 8,3 por cento e 7,2 por cento, enquanto o CDS-PP caiu meio ponto percentual, para os 5,8 por cento.

O estudo indica ainda que a actuação do primeiro-ministro continua a ser considerada positiva, segundo a opinião de 53,9 por cento inquiridos, mas perde 3,1 por cento.

O Governo foi também penalizado na sua actuação, tendo recebido uma nota negativa de 37,4 por cento, o que representa uma descida de 2,5 por cento.

O Presidente da República, Cavaco Silva, continua a ser o mais popular, com uma nota positiva de 65,8 dos inquiridos, mas perde também 2,7 por cento.

Os líderes do PSD, CDS-PP e Bloco de Esquerda registaram todos quebras na sua popularidade, mantendo-se inalterado o saldo do secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, o único com popularidade negativa.

A sondagem Expresso/SIC/Rádio Renascença foi realizada pela empresa Eurosondagem, com base em 1017 entrevistas validadas, realizadas entre 20 e 26 de Fevereiro deste ano.

O universo é a população com 18 anos ou mais, residente em Portugal Continental e habitando em lares com telefone da rede fixa.

O erro máximo da amostra é de 3,07 por cento para um grau de probabilidade de 95 por cento.

ARR

Lusa/Fim


A informação mais vista

+ Em Foco

A Girl Move Academy existe há quatro anos com o objetivo de criar uma geração de mulheres líderes.

    Em entrevista à RTP, o paquistanês Ahmad Nawaz recorda o ataque de 2014 a uma escola de Peshawar.

    Fotografias da autoria do artista berlinense Martin Dammann lançam luz sobre o lado mais obscuro da Wehrmacht.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.