António Costa só envia Orçamento do Estado depois de Cavaco Silva sair de Belém

| Política
António Costa só envia Orçamento do Estado depois de Cavaco Silva sair de Belém

A ver: António Costa só envia Orçamento do Estado depois de Cavaco Silva sair de Belém

De acordo com o Diário de Notícias, o primeiro-ministro quer aprovação final do Orçamento do Estado em março, mas só depois de Cavaco Silva sair de Belém.

A proposta vai começar agora a ser preparada e os calendários vão ser reformulados de forma a que a votação final e global do documento coincida com o momento em que o país já vai ter um novo chefe de Estado.

Usando a expressão de Cavaco Silva, também o PS, segundo disseram ao Diário de Notícias fontes do partido, tomou em "devida nota" o facto de o Presidente em funções ter feito questão de recordar, anteontem, na tomada de posse do governo de Costa, que tenciona exercer até ao fim todos os poderes que tem.

Os socialistas registaram esta afirmação como querendo dizer que Cavaco Silva exercerá com uma atenção redobrada as suas competências de vigilância das leis.

Ainda segundo o Diário de Notícias, para já o PSD abandona a ideia de rejeitar o programa de Governo de António Costa.

A informação mais vista

+ Em Foco

Houve aldeias ceifadas e vidas destruídas. O medo viveu ao lado de histórias de heroísmo. Contamos as estórias que agora preenchem dezenas de aldeias esquecidas, muitas pintadas a cinza.

    Jorge Paiva, botânico e professor, um dos maiores peritos da floresta, critica em entrevista à Antena 1 o desinteresse generalizado dos políticos pelos problemas da floresta.

    É uma tragédia sem precedentes que vai marcar para sempre o país. O incêndio de Pedrógão Grande fez 64 mortos mais de duas centenas de feridos. Há dezenas de deslocados.

    Nodeirinho é a aldeia mártir do incêndio de Pedrógão Grande. É uma aldeia em ruínas, repleta de casas queimadas e telhados no chão. Um cenário de desolação e dor.