Programas tv

ALMADRAVA ATUNEIRA

ALMADRAVA ATUNEIRA

Géneros

  • Documentários

Informação Adicional

Tal como no tempo do rei D. Dinis, quando esta arte de pesca foi introduzida por sicilianos e genoveses no Algarve, o mar em torno da almandrava tingia-se de sangue...

As grandes armações do atum desapareceram do Algarve há mais de trinta anos. Mas a última grande campanha de pesca do Arraial Ferreira Neto, em Tavira, foi seguida a par e passo pelo olhar do realizador Hélder Mendes.
Na semana em que o serviço público de televisão comemora quarenta e cinco anos de existência, o programa "Bombordo" recorda-lhe este documentário histórico, produzido pela RTP. A "Almadrava" testemunha uma arte de pesca impressionante pela organização requerida, pelo esforço braçal e companheirismo dos pescadores, e também pela dureza da vida no Portugal dos anos sessenta.
No final do século dezanove, uma armação algarvia pescou de uma assentada o número, hoje assombroso, de quarenta e um mil atuns.
Esta espécie migratória capturada à passagem era então frequente na costa portuguesa, de Maio a Agosto, desde Matosinhos a Vila Real de Santo António. E chegavam a apanhar-se regularmente exemplares com mais de dois metros e trezentos quilos de peso.
Por razões nunca completamente esclarecidas - "ninguém conhece nada do atum, que se pesca ao acaso e às cegas", queixava-se já Raúl Brandão - os cardumes foram procurando outras águas, e até ao final dos anos sessenta a importância económica desta pesca foi gradualmente diminuindo em Portugal.
Em 1898 existiam na costa algarvia dezoito armações; em 1937, eram já só seis ; e em 1968 o realizador Hélder Mendes testemunhou a última grande campanha do Arraial Ferreira Neto, em Tavira.
Trabalhando quase sempre sózinho, com uma pequena máquina de filmar "Bolex-Paillard", de corda, que lhe permitia registar apenas vinte e quatro segundos de imagens de cada vez, e a preto e branco, devido às dificuldades económicas que a RTP então vivia, Hélder Mendes acompanhou durante quase seis meses o duro quotidiano de uma faina de pesca hoje aticamente desaparecida (registe-se no entanto a tentativa de uma empresa japonesa de reintrodução de uma forma modernizada desta pesca no Algarve em meados dos anos noventa).
Os três documentários realizados em 1968 por Hélder Mendes - e que o programa "Bombordo" agora recorda numa versão re-editada pelo próprio - guardaram para a posteridade esse impressionante esforço colectivo que era a pesca do atum através de uma armadilha fixa, conhecido por armação ou, no seu nome antigo, almadraba ou almadrava.
Com este documentário, e a partir desta semana, o "Bombordo" retoma rotas antigas e volta a emitir com regularidade programas de produção nacional.

Ficha Técnica

Título Original
ALMADRAVA ATUNEIRA
Intérpretes
apresentação de Rita Saldanha