Ouvir
Geografia dos Sons
Em Direto
Geografia dos Sons Luís Tinoco

Letras de Canções


Sonnet 20: A woman`s face / Soneto 20: A face de uma mulher

Letra Original:


Sonnet 20: A woman's face

A woman's face with Nature's own hand painted
Has thou, the master-mistress of my passion;
A woman's gentle heart, but not acquainted
With shifting change, as is false women's fashion;
An eye more bright than theirs, less false in rolling,
Gilding the object whereupon it gazeth;
A man in hue, all 'hues' in his controlling,
Which steals men's eyes and women's souls amazeth.
And for a woman wert thou first created;
Till Nature, as she wrought thee, fell a-doting,
And by addition me of thee defeated,
By adding one thing to my purpose nothing.
But since she prick'd thee out for women's pleasure,
Mine be thy love and thy love's use their treasure.

Tradução para Português:


Soneto 20: A face de uma mulher

A face de uma mulher com a própria mão da Natureza pintada
Tens tu, senhor-senhora do meu amor;
Coração terno de uma mulher, mas não relacionado
Com astuciosa inconstância como é, em mulheres falsas, moda;
Olhos mais brilhantes do que os seus, menos falsos rolando,
Dourando o objecto sobre o qual repousam;
O aspecto de um homem, todos os aspectos controlando,
Que roubam os olhos dos homens e deslumbram
As almas das mulheres.
E para mulher tu foste primeiro criado:
Até que a natureza quando te forjou, caiu apaixonada,
E juntando-te a mim de ti derrotada,
Juntando uma coisa para minha finalidade nada.
Mas desde que ela te escolheu para prazer das mulheres,
Meu seja o teu amor e o uso do teu amor o seu tesouro.