Ouvir
Império dos Sentidos
Em Direto
Império dos Sentidos Paulo Alves Guerra / Produção: Ana Paula Ferreira

Letras de Canções


Kolybelnaya pesnya / Canção de embalar

Letra Original:


Kolybelnaya pesnya (Poema de Maikov)

Spi, ditya moyo, spi!
Usni! Spi, usni!
Sladkii son k tebe mani.
V nyanki ya tebe vzyala
Veter, solntse i orla.

Uletel oryol domoi,
Solntse skrylos pod vodoi;
Veter posle tryokh nochei
Mchitsya k materi svoyei.

Sprashivala vetra mat:
"Gde izvolili propadat?
Ali zvezdy voyeval
Ali volny vsyo gonyal?"

"Ne gonyal ya voln morskikh,
Zvezd ne trogal zolotykh;
Ya ditya oberegal,
Kolybelochku kachal!"

Spi, ditya moyo, spi!
Usni! Spi, usni!
Sladkii son k tebe mani.
V nyanki ya tebe vzyala
Veter, solntse i orla.

Tradução para Português:


Canção de embalar (Poema de Maikov)

Dorme, meu filho, dorme.
Dorme, dorme!
Bons sonhos venham para ti.
Eu trouxe três amas,
O vento, o sol e a águia.

A águia voou para casa,
O sol desapareceu debaixo das ondas;
Após três noites,
O vento precipitou-se para a casa da sua mãe.

A mãe perguntou ao vento:
"Onde foste?
Lutaste com as estrelas
Ou afugentaste as ondas?"

"Não, eu não afugentei as ondas,
Eu não toquei nas estrelas douradas;
Eu olhei por uma criança,
E embalei o seu berço."

Dorme, meu filho, dorme.
Dorme, dorme.
Bons sonhos venham para ti.
Eu trouxe três amas,
O vento, o sol e a águia.