Ouvir
Caleidoscópio
Em Direto
Caleidoscópio

Obras e Compositores

Nelson Jesus | Prémio Composição SPA / Antena 2 | 2018

7ª edição

|

Nelson Jesus | Prémio Composição SPA / Antena 2 | 2018 Nelson Jesus | Prémio Composição SPA / Antena 2 | 2018

Vencedores do Prémio Composição SPA / Antena 2 | 2018

Nelson Jesus | 1º Prémio

Luís Salgueiro | Menção Honrosa 


O compositor Nelson Jesus, com a obra Two elegies framing a march, venceu por unanimidade, a 7ª Edição do Prémio de Composição SPA/ Antena 2.

O Júri da edição deste ano do Prémio de Composição SPA/ Antena 2, constituído pelo Maestro Jan Wierzba (Presidente do Júri), e pelos Professores António Chagas Rosa e Ivan Moody, decidiu por unanimidade atribuir o 1º prémio à obra Two elegies framing a march, do compositor Nelson Jesus. 

A obra vencedora tem estreia marcada no concerto de Gala do Festival Prémio Jovens Músicos, em Setembro próximo, na Fundação Gulbenkian.

O Júri decidiu atribuir igualmente a Luís Salgueiro uma Menção Honrosa pela sua obra Bokeh.



| 1º Prémio |


Nelson Jesus (1986) iniciou os estudos no seio das bandas filarmónicas sob a orientação de Januário Ventura e José Gomes Pereira. Prossegue estudos no Conservatório de Caldas da Rainha, Academia de Música Costa Cabral, Escola Superior de Musica e Artes do Espectáculo do Porto e Conservatório de Música do Porto na classe de Francisco Ferreira, terminando com a máxima classificação, 20 valores. Frequentou ainda a licenciatura em saxofone na Escola Superior de Música de Lisboa com José Massarrão. 
No campo da composição, após uma fase enquanto autodidata, estudou com Fernando C. Lapa e João-Heitor Rigaud no Conservatório de Música do Porto. Prosseguiu estudos de carácter particular com o compositor Argentino Fernando Altube. Frequenta a licenciatura em Composição na ESML, tendo tido como orientadores os compositores Sérgio Azevedo e Luís Tinoco.
Foi vencedor do 1º Prémio de Composição para Banda Sinfónica Ibermúsicas Oaxaca-2014 com o seu arrojado “Concertino para Bombo e Banda Sinfónica”, 2º Prémio no IV Concurso Nacional de Composição Banda Sinfónica Portuguesa, 1º Prémio na 4ª Edição do Concurso de Composição para Orquestra de Sopros Inatel-Banda Sinfónica do Exército e do 1º Prémio WASBE de Composição para banda na categoria educacional em 2017.
Desde 2014 que praticamente só escreve por encomenda e as suas peças começaram a circular por todo o mundo.
Foi selecionado como Compositor Residente da Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras em 2017. É director artístico e maestro da banda da Sociedade União Musical Alenquerense desde Fevereiro de 2017 e é saxofonista na Banda Sinfónica da GNR.






| Menção Honrosa |



Luís Salgueiro é compositor de música instrumental, electrónica e mista, licenciado em Composição pela Escola Superior de Música de Lisboa, onde estudou sob a orientação de António Pinho Vargas, Carlos Marecos e Luís Tinoco. Foi compositor-residente do Ensemble Juvenil de Setúbal na sua temporada inicial. 
Para além do seu trabalho criativo, dedica-se também a actividades técnicas, na área da produção (como Produtor do Serviço de Música da Fundação Calouste Gulbenkian) e preparação de partituras (como freelancer). Coordena os esforços editoriais do movimento patrimonial pela música portuguesa no que ao partituras concerne, e serve como director de conteúdos, a par de José Carlos Araújo, da revista Glosas.