"Anatomia de Uma Queda" confirma favoritismo na cerimónia dos César, os prémios de cinema francês

por Margarida Vaz - Antena 1

O filme "Anatomia de uma Queda" de Justine Triet conquista seis distinções nos César, prémios do cinema francês: Melhor Filme, Melhor Realização, Melhor Argumento Original, Melhor Atriz, para Sandra Hüller, Melhor Ator Secundário, para Arnaud e Melhor Montagem.

‘’Anatomia de Uma Queda’’ confirma favoritismo na cerimónia dos César, os prémios de cinema francês



O filme "Anatomia de uma Queda" de Justine Triet conquista seis distinções nos César, prémios do cinema francês: Melhor Filme, Melhor Realização, Melhor Argumento Original, Melhor Atriz, para Sandra Hüller, Melhor Ator Secundário, para Arnaud e Melhor Montagem.

O filme ‘’Anatomia de Uma Queda’’ tem cinco nomeações para os Óscares.

Em 49 edições, Justine Triet é a segunda mulher a receber o prémio César de Melhor Realização, a última vez tinha sido há 24 anos, em 2000, a realizadora Tonie Marshall.

O filme ‘’Anatomia de Uma Queda’’ tinha 11 nomeações, uma delas era para Melhor Ator Revelação Masculina, para o luso francês Milo Machado Graner. A estatueta foi entregue a Raphaël Quenard, pelo filme ‘’Chien de la casse’’.

A cerimónia do César decorreu no Teatro Olympia, em Paris. A violência sexual no cinema francês e o conflito em Gaza foram temas de alguns discursos da noite, um deles foi o de Kaouther Ben Hania, realizadora tunisina que recebeu o César de Melhor Documentário com o filme ‘’’Quatro Filhas’’, também, nomeado para os Óscares.

Reportagem de Margarida Vaz.
pub