Em direto
Parlamento encerra discussão do Programa do Governo e vota moções de PCP e BE

Beatles terão cada um o seu filme biográfico

por Lusa
Cada músico dos Beatles terá o seu filme biográfico Facebook

Os Beatles vão ser alvo de um tratamento biográfico no cinema que irá para além de um filme, sendo quatro as longas-metragens, todas realizadas por Sam Mendes, que darão a cada membro da banda o seu próprio destaque.

Pela primeira vez, os Beatles estão a conceder direitos de autor completos de vida e música a um projeto de filme.

A Sony Pictures anunciou esta segunda-feira um acordo que pode "ofuscar" todos os filmes biográficos anteriores, com as histórias de Paul McCartney, John Lennon, George Harrison e Ringo Starr divididas por um quarteto de filmes.

Espera-se que os filmes, concebidos por Sam Mendes, sejam lançados nos cinemas de forma inovadora, potencialmente a coexistirem ou a cruzarem-se nas telas.

Os planos de lançamento detalhados serão anunciados posteriormente e a Sony tem como meta 2027 para as estreias.

"Estou honrado por contar a história da maior banda de rock de todos os tempos e animado por desafiar a noção do que constitui uma ida ao cinema", sublinhou Mendes, em comunicado.

Já a produtora Pippa Harris realçou que pretende que esta seja "uma experiência cinematográfica épica e emocionante".

"Quatro filmes, contados a partir de quatro perspetivas diferentes, que contam uma única história sobre a banda mais célebre de todos os tempos", acrescentou.

As incursões mais famosas dos Beatles no cinema ocorreram nos seus primeiros anos. Entre 1964 e 1970, apareceram em cinco filmes, incluindo "A Hard Day`s Night" (1964) e a animação "Yellow Submarine" (1968).

O quarteto foi tema de muitos documentários, mais recentemente "The Beatles: Get Back", de Peter Jackson, de 2021.

Em 2023, os Beatles reuniram-se com a ajuda da inteligência artificial na recém-lançada música "Now and Then". A gravação foi possível graças à tecnologia utilizada por Jackson em "Get Back" e contou com um videoclipe produzido pelo diretor neozelandês.

 

Tópicos
pub