EM DIRETO
Euro2024. Acompanhe na RTP1 e na Antena 1 a final entre Espanha e Inglaterra

Biblioteca Pública de Braga faz anos com visita noturna, caça ao poema, ioga e oficinas

por RTP
Fotos: Universidade do Minho

A Biblioteca Pública de Braga, unidade cultural da Universidade do Minho, vai assinalar 183 anos com um conjunto de atividades, a 12 e 15 de julho, destinadas a várias idades e interesses. O objetivo é proporcionar momentos de aprendizagem, relaxamento e inspiração, celebrando a história e o papel da instituição na promoção da cultura e do conhecimento.

Esta sexta-feira, vão decorrer uma oficina de escrita criativa para adultos, pelas 10h00, e uma oficina de construção de zines para maiores de 12 anos, às 14h00. Ao longo de todo o dia, os amantes dos livros têm também um “oásis de leitura” nos jardins da biblioteca. Para as 21h30 está prevista uma visita noturna à BPB, percorrendo os segredos e histórias deste edifício patrimonial situado na Praça do Município.

Na segunda-feira, dia 15, há uma sessão de ioga no jardim interior da biblioteca (10h30), uma oficina de caça ao poema para os mais novos (14h30) e, de novo, o “oásis de leitura” nos jardins da BPB.

Todas as atividades são gratuitas, mediante inscrição online obrigatória e as vagas ao dispor. A exceção é o “oásis”, em que basta aparecer para desfrutar da literatura e da natureza. Os detalhes do programa geral estão em facebook.com/BPBOficial.

Uma referência no país

A Biblioteca Pública de Braga é uma das principais de Portugal, com aproximadamente meio milhão de documentos, incluindo cinco dezenas do início da imprensa. Foi criada pela rainha D. Maria II em 1841, para salvaguardar as livrarias dos extintos conventos e mosteiros da região, como da Falperra, de Tibães e dos Congregados, no qual ficou inicialmente instalada. 

O seu acervo foi enriquecido com o depósito legal, recebendo desde 1931 um exemplar das publicações que são editadas em Portugal.

Em paralelo, foi acolhendo coleções de personalidades e instituições locais, como Manuel Monteiro, Carrington da Costa, Victor de Sá, Manuel de Oliveira e o Instituto Minhoto de Estudos Regionais, entre outros. 

A BPB está instalada, desde 1934, na ala barroca do complexo do Largo do Paço, no centro de Braga, tendo sido integrada em 1975 na UMinho.
Tópicos
PUB