Documentário sobre o bairro 6 de Maio galardoado em festival de cinema norte-americano

por Lusa

O documentário "Os Herdeiros do Bairro", sobre os habitantes do Bairro 6 de Maio, na Amadora, venceu vários prémios do Impact DOCS Awards de 2020, competic¸a~o que faz parte do Global Film Awards (GFA) norte-americano.

Realizado pela organização não-governamental Help Images, que promove a consciencialização social, cívica e ambiental das populações, o documentário conta a história deste bairro no concelho da Amadora que viu nascer a primeira barraca em 1994 e que já passou por várias fases do realojamento da sua população, maioritariamente cabo-verdiana.

O documentário conquistou o Pre´mio de Excele^ncia e o Pre´mio de Me´rito do Impact DOCS Awards de 2020, competic¸a~o que faz parte do Global Film Awards (GFA), nos EUA.

De acordo com o júri, "suportado em testemunhos na primeira pessoa, `Os Herdeiros do Bairro` apresenta uma narrativa habilmente elaborada e entrevistas potentes com foco em verdades fundamentais e valores partilhados por todos os humanos".

"[Este reconhecimento] sera´ uma oportunidade relevante a ni´vel nacional e internacional para dar a conhecer o nosso documenta´rio (...) e as histo´rias dos seus protagonistas", afirmou Raquel Clemente Martins, guionista e uma das realizadoras do filme.

Com este galardão, a Help Images junta-se a outros vencedores deste pre´mio internacionalmente reconhecido, incluindo o fotógrafo e realizador vencedor do Oscar Louie Psihoyos pelo seu "Best of Show 2016 - Racing Extinction", o vencedor do Oscar Yael Melamede por "(Dis) Honesty - The Truth About Lies" e o vencedor do Emmy Gerald Rafshoon, por "Endless Corridors", narrado pelo ator Jeremy Irons.

"O júri e eu ficámos simplesmente maravilhados com a variedade e a importa^ncia dos documentários que visionámos", referiu Rick Prickett, que preside ao Impact DOCS Awards.

Este documentário já tinha sido reconhecido em outros festivais internacionais, nomeadamente no "Tempus" e no "Cathalsis", no qual foi semifinalista, e nos festivais "Cine Fern" e "Lime Light Film Contest", em que fez parte da Selec¸a~o Oficial.

"Herdeiros do Bairro" conta a história da população que habitou o Bairro 6 de Maio ao longo de mais de cinco décadas e que viveu nas barracas e casas, parte das quais são agora entulho que preenchem o chão, outrora escasso.

Ali chegaram a morar 1.200 famílias desde que o cabo-verdiano Estevão, o primeiro morador do bairro e que dá o seu depoimento para este documentário, constrói a primeira barraca, em 1974, dois anos após deixar as roças de São Tomé para trabalhar na construção civil, em Portugal.

Tópicos
pub