Mulheres que Contam. Sandra Ribeiro

por RTP

A série Mulheres que Contam pretende dar a conhecer na primeira pessoa mulheres que se destacam. Neste primeiro episódio conheça Sandra Ribeiro - Presidente da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género.

MOTE DE VIDA: Esforçarmo-nos sempre, não aceitarmos pouco e tentarmos ser felizes e bem-dispostos, que é uma bênção.
Leitura incontornável: Todos devemos ser feministas, Chimamanda Ngozi Adichié.

Sandra Ribeiro tem uma especialização na área do direito do trabalho e também na área da igualdade e não discriminação. Foi presidente da Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego e preside agora à Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género.

Teve como mentores: António de Ornelas, grande conhecedor das áreas laborais, da negociação e contratação colectivas, e do diálogo social; José António Vieira da Silva, com quem trabalhou durante muitos anos; e Maria do Céu Cunha Rêgo.

A CIG tem a tutela da Secretaria de Estado para a Cidadania e a Igualdade. É o organismo responsável pela promoção e defesa dos princípios da igualdade e não discriminação. Estabelece relações institucionais, através de parcerias ou financiamento de projectos, com inúmeras entidades da sociedade civil.

São 40 as ONG representadas no Conselho Consultivo da CIG; distribuem-se por 3 áreas de actuação: Igualdade de Género, Direitos das Mulheres e Direitos Humanos.

A CIG apoia, por exemplo:

 A UMAR, através de apoio e financiamento a estruturas de atendimento, acolhimento e projetos de autonomização de vítimas de violência doméstica; ao projeto Jovens Ativistas Pelo Fim da Mutilação Genital Feminina.

Bem como, a Opus Diversidades (antiga Opus Gay) no projecto Rainbow Portal by Opus Diversidades, um portal multiusos que pretende agregar informações úteis e multissetoriais dirigidas ao público em geral, mas também com áreas específicas para as pessoas LGBTI.

A CIG apoia dezenas de Organizações Não Governamentais:

1. Disponibilização de casas de abrigo a vítimas de violência e progressiva autonomização

Província Portuguesa da Ordem Franciscana; APAV; UMAR; APEPI; SCM Vidigueira; Associação de Mulheres de Moura - Moura Salúquia; Centro Social e Paroquial de São Bento da Ribeira Brava; Centro Social e Paroquial de Santo António; Associação Presença Feminina; Centro Social e Paroquial de São Bento; Casa Abrigo Alcanena; Casa Abrigo Estremoz; Casa Abrigo Ser Mulher; CA AMCV; CVP Faro; SCM Albufeira; Fundação Vítor Reis Morais; União Mutualista Nossa Senhora da Conceição; Fundação COI; CVP Amadora; CIM Tâmega e Sousa; Associação Plano I; ASMAB; NAV Guarda; CAD Viseu; NAV Viseu; Santa Casa da Misericórdia do Porto; Soroptimist Internacional Clube Porto Invicta ; CVP – Matosinhos; Santa Casa da Misericórdia de Santo Tirso ADIBER- Associação para o Desenvolvimento Integrado da Beira Baixa; DUECEIRA - Associação para o Desenvolvimento do Ceira e Dueça; Centro Social Paroquial Vera Cruz; Confederação Operária Terceirense; Gabinete de Atendimento à Família – GAF; Cáritas Diocesana de Aveiro; Gabinete de Atendimento à Família; CERCIAG; Santa Casa da Misericórdia de Aveiro; CVP Arcos de Valdevez.

2. Apoio e atendimento a vítimas, prevenção primária de violência de género e promoção de Direitos Humanos, da igualdade de género e da não discriminação.

UMAR; UMAR Madeira; AMCV; Associação Quebrar o Silêncio; ACF - Associação de Familiares e Amigos/as de Vítimas de Feminicídio; RUMO; Escola Vai à Casa Abrigo; CVP- Delegação de Gondomar; UMAR Porto; LACSAF- Liga dos Amigos do Centro de Saúde de Alfandega da Fé; API - Ação pela Identidade – Associação; ILGA Portugal; Casa Qui; Associação Projeto Criar; API - Ação Pela Identidade; ADDHG - Associação de Defesa dos Direitos Humanos de Guimarães; ADDIM - Associação Democrática de Defesa dos Interesses e da Igualdade das Mulheres; APDMGP - Associação Portuguesa pelos Direitos da Mulher na Gravidez e Parto; APEM - Associação Portuguesa de Estudos sobre as Mulheres; APMJ - Associação Portuguesa de Mulheres Juristas; Associação Mulheres sem Fronteiras; Associação New Diatheke; Associação Projecto Criar; BUSINESS as NATURE – Associação para a Produção e Consumo Sustentável e a Economia Circular (BasN); CGTP - Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses; FEM - Associação Feministas em Movimento; GRAAL - Associação de Caráter Social e Cultural; MDM - Movimento Democrático de Mulheres; Mén Non — Associação das Mulheres de S. Tomé e Príncipe em Portugal; Moura Salúquia - Associação de Mulheres do Concelho de Moura; Pano I - Associação Plano I, Igualdade, Discriminação, Violência, Exclusão, Pobreza; PpDM - Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres; Rede Jovem - Rede Portuguesa de Jovens para a Igualdade de Oportunidades entre Mulheres e Homens.
pub