Beneficiários de prestações de desemprego caem 1,6% para 222.066 em janeiro

| Economia

A Segurança Social pagou em janeiro prestações de desemprego a 222.066 beneficiários, o que corresponde a menos 2.423 beneficiários (-1,6%) face a dezembro de 2016, foi hoje divulgado.

De acordo com dados estatísticos disponibilizados na página da Segurança Social na internet, no primeiro mês deste ano foram registados 222.066 beneficiários de prestações de desemprego, quando no último mês de 2016 estavam registados 224.489 beneficiários de prestações de desemprego.

Em relação a janeiro de 2016, o número de beneficiários de prestações de desemprego decresceu 15,3%.

As prestações de desemprego incluem o subsídio de desemprego, o subsídio social de desemprego inicial e o subsequente, o prolongamento do subsídio social de desemprego e a medida extraordinária de apoio aos desempregados de longa duração.

Em janeiro, receberam o subsídio de desemprego 175.033 beneficiários, o que corresponde a menos 0,7% face ao mês anterior e menos 15,1% face a janeiro de 2016.

O subsídio social de desemprego inicial beneficiou 11.352 desempregados, o que equivale a menos 0,8% em relação a dezembro de 2016 e a menos 16,4% em relação a janeiro de 2016.

O subsídio social de desemprego subsequente foi pago a 32.794 desempregados, o que corresponde a uma diminuição de 5,8% comparativamente a dezembro e uma redução de 22,7% face a janeiro do ano passado.

No primeiro mês deste ano beneficiaram da medida extraordinária de apoio aos desempregados de longa duração 2.847 pessoas, menos 367 pessoas do que em dezembro do ano passado.

O prolongamento do subsídio social de desemprego foi pago a 40 pessoas em janeiro, o que corresponde a menos cinco beneficiários do que em dezembro e mais 13 do que em janeiro do ano passado.

Segundo a estimativa provisória divulgada no fim de janeiro pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), a taxa de desemprego situou-se nos 10,2% em dezembro.

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma sondagem da Universidade Católica aponta para o fim da hegemonia laranja na Madeira, apesar da vitória do PSD nas regionais (38%) do próximo domingo.

Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.