Estimativa do INE. Inflação abranda para 2,1% em fevereiro

por RTP
Reuters (arquivo)

A inflação terá recuado para os 2,1 por cento em fevereiro, abaixo em 0,2 pontos percentuais da taxa de janeiro. É o que indica a estimativa rápida publicada esta quinta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística.

O indicador de inflação subjacente - ou seja, o índice total expurgado de produtos alimentares não transformados e energéticos - terá sofrido uma variação de 2,2 por cento em fevereiro, contra os 2,4 do mês anterior.

A variação do índice dos produtos energéticos aumentou para 4,3 por cento, contra 0,2 no mês anterior, ao passo que o índice dos produtos alimentares não transformados terá recuado para 0,8 por cento, contra 3,1 em janeiro. Comportamento que ocorre "parcialmente em consequência do efeito de base associado ao aumento de preços registado em fevereiro de 2023 (variação mensal de 1,4 por cento)".

Face ao mês anterior, a variação do Índice de Preços no Consumidor terá sido de 0,1 por cento - foi nula em janeiro e de 0,3 por cento em fevereiro de 2023.Nos últimos 12 meses, o INE calcula uma variação média de 3,3 por cento, contra 3,8 no mês anterior.

Em fevereiro, o Índice Harmonizado de Preços no Consumidor (IHPC) terá registado uma variação homóloga de 2,3 por cento - no mês anterior fora de 2,5 por cento.

Os dados definitivos referentes ao IPC do mês de fevereiro de 2024 vão ser conhecidos a 12 de março.

c/ Lusa

Tópicos
pub