Em direto
Operação "Promessa Honesta". As ondas de choque do ataque do Irão a Israel

Figueira da Foz vende 21 lotes para unidade de prefabricados em betão armado

por Lusa

O município da Figueira da Foz vendeu 21 lotes do Parque Industrial e Empresarial para a construção de uma unidade de prefabricados em betão armado, que vai investir cerca de 25 milhões de euros.

"É um investimento muito importante em tecnologia de ponta, inovação e investigação, de uma empresa que alia investimento na atividade industrial à preocupação com a cultura", salientou o presidente da Câmara, Pedro Santana Lopes.

O autarca eleito pelo movimento Figueira a Primeira frisou que a empresa Domingos da Silva Teixeira (DST), além da sua força económica, "tem uma preocupação muito especial com as áreas de inovação e investigação".

O contrato-promessa de compra e venda, no valor de 1,2 milhões de euros, foi assinado na Casa do Paço.

A unidade vai dedicar-se à produção de vigas e painéis de betão armado para construção modular numa área de dois hectares de terreno e prevê criar 80 postos de trabalho.

Segundo Santana Lopes, dos 34 lotes de expansão do Parque Industrial e Empresarial da Figueira da Foz restam apenas quatro espaços por alienar, embora "haja muita procura".

A unidade deverá entrar em laboração no início de 2025.

Tópicos
pub