Em direto
Euro2024. Acompanhe aqui, em direto, o encontro do Grupo D entre Áustria e França

Governo lança hoje leilão de hidrogénio e biometano de 140 ME

por Lusa

A ministra do Ambiente e Energia, Maria da Graça Carvalho, anunciou hoje o lançamento do leilão de compra centralizada de hidrogénio e biometano, no valor de 140 milhões de euros.

A informação foi avançada pela governante na Cimeira da Energia de Lisboa, que decorre entre hoje e quarta-feira na Feira Internacional de Lisboa, no Parque das Nações.

"Hoje lançamos um leilão de gases renováveis no valor de 140 milhões de euros", disse Maria da Graça Carvalho, explicando que será financiado através do Fundo Ambiental.

A ajuda de Estado aos investidores assumirá a forma de um prémio variável ao abrigo de um contrato bilateral por diferença celebrado por um período de dez anos.

Em dezembro, a Comissão Europeia aprovou ajudas estatais de 140 milhões de euros em Portugal para apoiar a produção de hidrogénio renovável e biometano, a fim de promover a transição para uma economia de emissões líquidas nulas.

Segundo Bruxelas, no processo de concurso, os beneficiários são selecionados com base no preço de exercício por megawatts por hora de hidrogénio renovável ou biometano oferecido.

A pasta de transição do Governo liderado pelo ex-primeiro-ministro António Costa indicava que as peças concursais para este leilão se encontravam preparadas e as condições referentes aos auxílios de Estado negociadas com a Comissão Europeia, com o leilão "pronto para lançamento".

O objetivo passa por "potenciar a nova fileira dos gases renováveis, de elevado valor acrescentado e potenciadora da descarbonização do país será lançado um leilão de compra centralizada de biometano e hidrogénio".

pub