Lucro do banco Barclays cai 13% para 1.798 ME no 1.º trimestre

por Lusa

O lucro atribuível do Barclays recuou 13% para 1.550 milhões de libras (1.798 milhões de euros) no primeiro trimestre face ao mesmo período de 2023, devido a uma quebra das receitas com transações, informou hoje o banco.

Num comunicado enviado à Bolsa de Londres, o banco reportou que o lucro antes de impostos no trimestre foi de 2.277 milhões de libras (2.641 milhões de euros), menos 12% do que no trimestre homólogo.

Já as receitas somaram 6.953 milhões de libras (8.065 milhões de euros) entre janeiro e março, um recuo de 4% em relação ao mesmo período de 2023.

De acordo com o Barclays, o rácio empréstimos/depósitos foi de 72% no período, contra 73% no ano anterior, enquanto o rácio de capital Tier 1 foi de 47,1%, o que compara com 46% no mesmo trimestre de 2023.

O presidente executivo do banco, C.S. Venkatakrishnan, afirmou que o grupo já anunciou a venda da sua carteira hipotecária italiana e está a investir no seu negócio mais rentável no Reino Unido, o que inclui concluir a aquisição do Tesco Bank no quarto trimestre deste ano.

"Continuamos a implementar uma disciplina de custos e mantemo-nos bem capitalizados", acrescentou.

Tópicos
pub