Lucros quadruplicam. BCP lucrou 856 milhões de euros em 2023

por Cristina Santos - RTP
Foto: Pedro A. Pina - RTP

O BCP lucrou 856 milhões de euros no ano passado, um resultado histórico do banco em Portugal, que tinha atingido os 197,4 milhões de euros em 2022.

O aumento de lucros é justificado, à semelhança da restante banca privada, com a subida das taxas de juro nos créditos habitação.

Em comunicado, enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, o BCP escreve que "a evolução do resultado líquido consolidado reflete o desempenho favorável quer da atividade em Portugal, quer da atividade internacional, permitindo que a rentabilidade dos capitais próprios aumentasse de 3,9% para 16% no último ano".

Os resultados foram divulgados pelo maior banco em Portugal esta segunda-feira em conferência de imprensa e o CEO do BCP não escondeu o orgulho nos resultados.

“São bons resultados. Hoje em dia parece que há vergonha de apresentar resultados. Nós temos muito orgulho nos nossos resultados”, afirmou o CEO do BCP em conferência de imprensa.Miguel Maya fez questão de afirmar que o banco contribui desta forma para manter trabalhadores qualificados em Portugal.

O Banco Comercial Português conseguiu multiplicar por quatro vezes os lucros, em 2023, alcançando o resultado de 856 milhões de euros, valor histórico do BCP.

O valor dos lucros permite, ao maior banco em Portugal, pagar aos acionistas mais de 250 milhões de euros em dividendos.

A margem financeira (a diferença entre juros cobrados no crédito e juros pagos nos depósitos) subiu 31% para 2.826 milhões de euros em 2023, ano em que o banco também ganhou 139 milhões de euros com a venda da Millennium Financial Services.

O resultado ficou acima do esperado pelos analistas que a agência Reuters questionou e que apontavam para um lucro à volta dos 835 milhões de euros. Em sentido oposto foi a Fitch que na sexta-feira, dia 23, a Fitch previa que o BCP apresentasse um lucro a rondar os 900 milhões de euros. No total, os quatro maiores bancos privados de Portugal chegaram aos 3.153 milhões de euros.

Tudo somado, os lucros dos quatro maiores bancos privados em Portugal chegam aos 3.153 milhões de euros em 2023, num aumento de 81,9% face a 2022, de acordo com contas da Lusa.

Sendo que é o Santander Totta que lidera, entre os privados, o top de lucros com o valor de 894,6 milhões de euros em 2023.
pub