Última Hora
António Costa com luz verde para o Conselho Europeu

OMC avisa que Londres pode pagar milhões em direitos aduaneiros se sair da UE

por Lusa

Os exportadores britânicos arriscam-se a pagar 7,2 mil milhões de euros suplementares por ano em direitos aduaneiros se Londres deixar a União Europeia, advertiu hoje o diretor-geral da Organização Mundial do Comércio.

Num discurso a que a AFP teve previamente acesso, Roberto Azevedo sublinhou que em caso de saída do Reino Unido da União Europeia (UE), Londres deverá negociar novos acordos comerciais com a UE e com os 58 países ligados ao bloco continental por um acordo de comércio livre.

"Isso provavelmente levará a negociações e entretanto o comércio continuará, mas talvez em piores condições e é muito provável que seja mais caro para o Reino Unido negociar com os mesmos mercados", afirmou Azevedo, em Londres, a 16 dias do referendo sobre o futuro do país na UE.

"Como consequência, os exportadores britânicos arriscam-se a ter de pagar até 5,6 mil milhões de libras (7,2 mil milhões de euros) cada ano em direitos aduaneiros para as suas exportações", advertiu o responsável.

Roberto Azevedo disse também que o Reino Unido deve renegociar os termos comerciais ligados à sua adesão à organização, que atualmente estão associados à sua integração na UE.

Os avisos feitos por Roberto Azevedo, numa reunião de decisores económicos, surgem na sequência de outros alertas lançados por responsáveis de instituições económicas internacionais, como o Fundo Monetário Internacional (FMI) e a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), que apontaram o impacto negativo de uma possível saída da UE.

 

 

Tópicos
pub