PSP alerta para aumento de burlas relacionadas com arrendamento de casa

por Antena 1
Foto: João Marques - RTP

No ano passado, registou-se uma subida. A Polícia de Segurança Pública recebeu mais de mil e quinhentas denúncias, de pessoas que foram enganadas, quando tentaram alugar um imóvel.

No passado, a maioria dos crimes acontecia no arrendamento de casas para férias. Agora, diz a PSP, é no arrendamento tradicional de habitação que se verificam mais burlas.

As autoridades explicam que este tipo de crime é facilitado pela tecnologia, que permite fazer reservas e pagamentos, de forma digital, sem contactos diretos entre os intervenientes.

O subintendente da PSP Nelson Ribeiro explica como funcionam estas burlas.

O subintendente deixa alguns conselhos para evitar ser burlado com arrendamento de casas.

Outros conselhos da PSP: evitar qualquer tipo de transferência de dinheiro sem saber se o anunciante é legítimo e não aceder a endereços enviados através de emails ou de outras plataformas de arrendamento para fazer o negócio. A polícia aconselha ainda a guardar todas as trocas de emails, fotos e mensagens.

pub