Durão Barroso: PSD e CDS não têm de pedir desculpa pelos sacrifícios que pediram aos portugueses

por Nuno Amaral, Antena1

Nuno Amaral, Antena1

Durão Barroso chegou à campanha para avisar que se o PS conseguir chegar ao poder, vai o ser o governo mais à esquerda desde o período revolucionário.

Em Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro, o antigo líder do PSD, antigo primeiro-ministro e antigo presidente da Comissão Europeia, recordou que foi o PS quem chamou a Troika para Portugal. E diz, Durão Barroso, que o PSD e o CDS não têm de pedir desculpa pelos sacrifícios que pediram aos portugueses, pelo contrário, devem ter orgulho pela tarefa patriótica.

Discurso acompanhado pelo repórter Nuno Amaral.
pub