60 mulheres palestinianas ainda estão em prisões israelitas

por RTP

As autoridades israelitas continuam a manter 60 mulheres palestinianas na prisão, a maioria das quais foi detida depois de 7 de outubro, segundo uma organização não governamental local.

Em declarações à Anadolu, Amal Sarahneh, responsável pela comunicação social da Sociedade de Prisioneiros Palestinianos (PPS), disse que o exército israelita deteve 56 mulheres e raparigas palestinianas numa grande vaga de prisões na Cisjordânia ocupada e em Jerusalém Oriental depois de 7 de outubro, detendo até agora 3.260 pessoas.
pub