Israel. Reunião de urgência do Conselho de Segurança

por Cristina Santos - RTP
Criança no campo de deslocados atacado por Israel em Rafah Anadolu via AFP

O pedido foi feito pela Argélia, membro não permanente do Conselho de Segurança, e a reunião vai decorrer esta terça-feira à tarde. António Guterres condenou o ataque sublinhando que "estes horrores devem parar".

De acordo com informações de fontes diplomáticas à AFP, a reunião vai ser à porta fechada para debater a situação em Rafah após o ataque mortal que incendiou tendas de civis palestinos num campo para deslocados.

O anúncio da reunião surge numa altura de condenação internacional, também o secretário-geral da ONU, António Guterres, condenou esta segunda-feira "as ações de Israel, que mataram muitos civis inocentes que apenas procuravam proteção contra este conflito mortal. Não há lugar seguro em Gaza. Estes horrores devem acabar", palavras numa mensagem publicada na rede social X.
pub