Abbas diz que ações do Hamas não representam povo palestiniano

por Lusa
Mahmoud Abbas afirma que as políticas e ações do Hamas não representam o povo palestiniano Lisi Niesner - Reuters

O presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmoud Abbas, disse que "as políticas e ações do Hamas não representam o povo palestino".

De acordo com a agência oficial de notícias palestiniana Wafa, Mahmoud Abbas afirmou, durante uma conversa com o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, que "as políticas e ações do Hamas não representam o povo palestino".

A Organização para a Libertação da Palestina (OLP) é o único representante legítimo do povo palestino, segundo Mahmoud Abbas.

Nicolás Maduro falou por telefone com o presidente da Autoridade Palestiniana para lhe manifestar o seu apoio e também "à causa palestiniana", e ordenou o envio de ajuda humanitária, anunciaram as autoridades.

Israel encontra-se em alerta máximo desde 7 de outubro, quando combatentes palestinianos do movimento islamita Hamas atacaram o sul do país em várias frentes a partir da Faixa de Gaza, matando mais de 1.400 pessoas, na maioria civis, e capturando outras 155, mantidas em cativeiro em Gaza e algumas delas entretanto mortas -- segundo o Hamas, pelos bombardeamentos israelitas.

Tratou-se de uma ofensiva apoiada pelo grupo xiita libanês Hezbollah e pelo ramo palestiniano da Jihad Islâmica.

Na Faixa de Gaza, controlada pelo Hamas - grupo classificado como organização terrorista pelos Estados Unidos, pela União Europeia e por Israel - ao qual Israel impôs um cerco total, cortando o abastecimento de água, combustível e eletricidade, a forte retaliação israelita matou até agora mais de 2.670 pessoas, incluindo mais de 700 crianças, e feriu pelo menos 9.600.

 

 

Tópicos
pub